Menu
Whatsapp: OU

Imagine você um peixe fora d'água.

Imagine você um peixe fora d'água.

William Hagiwara William Hagiwara é biólogo especialista em lagos ornamentais. 

Você já se imaginou subindo o Everest, onde o ar é rarefeito, com pouco oxigênio? Ou melhor, morando em uma cidade como Cubatão e inalando constantemente um ar rico em gás carbônico e metais pesado?

Peixes sem oxigênio

Peixes ofegantes por falta de oxigênio. Uma condição semelhante a do ser humano em local de grande altitude ou com muito poluente. Fonte: http://www.aquaflux.com.br/forum/viewtopic.php?f=9&t=30970

Já pensou sair da água do mar e não ter uma fonte de água doce para se banhar? Ou até mesmo saindo de uma piscina e depois do banho não ter um creme para pele e cabelos?

Peixe com nadadeiras roidas

Peixe com nadadeiras e mucosa danificado, muitas vezes por estarem em água com cloro, ou PH inadequado. Fonte: http://pernambucobettas.blogspot.com.br/2011/07/patologias-de-bettas.html

Ou viver em uma casa sem sistema de saneamento?

Lago cheio de algas

Excesso de algas em lago sujo, com excesso de matéria orgânica, e sem filtragem adequada.

Comer hambúrguer todos os dias?

Peixe com excesso de alimentação ou alimentação inadequada

Peixe com constipação intestinal, muitas vezes causados por ração de baixa qualidade. Fonte: http://www.vidadeaquarista.com

Imagine então todas estas condições juntas, e você não ter como fugir disso.

Quando construímos um lago artificial, temos em mente uma água cristalina, translúcida e esperamos que com isso, apenas com isso, estaremos garantindo a saúde dos indivíduos em que lá vivem.

Para garantirmos a saúde dos peixes em lagos ornamentais é preciso ter cuidados adicionais. Uma baixa circulação de água além de causar acúmulo de sujeiras no fundo, pode causar falta de oxigenação para os peixes, o que pode ser comparado com você estando no Everest.     

Uma água rica ou pobre em sais minerais pode causar um desequilíbrio osmótico aos peixes, seria você desidratado depois de uma praia. Um peixe em um PH ácido ou alcalino demais, pode ter suas nadadeiras corroídas e mucosas danificadas, o que seria você saindo de uma piscina e não passar um bom creme hidratante.

Um lago sem filtro fica sujo e com proliferação de substâncias e indivíduos indesejados, seria uma casa sem saneamento. Já uma ração de baixa qualidade pode causar enfraquecimento e consequentemente doenças em seus peixes, seria como comer hambúrguer todos os dias.

Vale a pena pensar que quando construímos um lago artificial estamos construindo o universo em que o seu peixe vai viver.

Ao comparar causas e consequências vale apena pesquisar quais os parâmetros ideais para seus peixes, e manter em equilíbrio, tendo como ponto principal quanto tempo eles podem viver, e quanto tempo eles vivem no ambiente em que foi criado.

Compartilhe nas redes sociais

Deixe seu comentário

NEWSLETTER

Inscreva-se em nossa newsletter para receber novidades, promoções e muito mais.